UOL Notícias Notícias
 

31/03/2010 - 15h39

Famílias de reféns de Colômbia mantêm esperanças em meio a drama

Por Nelson Bocanegra

BOGOTÁ (Reuters) - As famílias das pessoas que permanecem sequestradas pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) na selva da Colômbia se mantêm fieis ao que lhes resta, a esperança, depois do anúncio feito pela guerrilha de que não realizará mais libertações unilaterais.

A última libertação ocorreu na terça-feira, quando as Farc entregaram a uma missão humanitária o suboficial do Exército Pablo Emilio Moncayo, sequestrado durante mais de 12 anos.

A entrega de Moncayo se seguiu à do soldado Josué Daniel Calvo, que passou 11 meses nas mãos do grupo.

As libertações provocaram a mesma reação entre os familiares, que as aplaudiram mas ao mesmo tempo revelaram tristeza pelos que permanecem em cativeiro.

O rosto mais representativa foi o de Johan Steven Martínez, uma criança de 12 anos, filho do sargento Libio Martínez, sequestrado com Moncayo em dezembro de 1997 em um ataque a uma base de comunicações no qual morreram vários soldados.

"Me sinto muito feliz por ele (por Moncayo), porque um ser humano tem que permanecer livre (...), mas também me sinto triste porque infelizmente meu pai continua na selvas da Colômbia", disse o menino, que nasceu poucos meses depois do sequestro de seu pai, que só conhece por fotografias e vídeos.

Depois da libertação de Moncayo, o sargento Martínez se tornou um dos sequestrados mais antigos em poder das Farc.

A tragédia de Johan Steven é mais uma das que viveram ou ainda enfrentam pais, mães e outros familiares de reféns, muitos mortos esperando pela liberdade.

De acordo com Fondelibertad, do governo, até abril do ano passado existiam 125 sequestrados na Colômbia e 614 casos de pessoas desaparecidas são investigados.

O destino dos 22 membros das Forças Armadas que permanecem em poder do grupo guerrilheiro, fundado na década de 1960 com o propósito de tomar o poder com as armas, dependerá de um acordo para intercambiar os reféns por centenas de rebeldes presos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,02
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,02
    75.974,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host