UOL Notícias Notícias
 

05/04/2010 - 09h12

Ataque suicida mata duas pessoas na região russa de Inguchétia

Por Kazbek Basayev

KARABULAK, Rússia (Reuters) - Um suicida matou pelo menos dois policiais na região russa de Inguchétia nesta segunda-feira, o mais recente de uma série de ataques que enfatiza a ameaça de rebeldes islâmicos no sul da Rússia.

Mais de 50 pessoas foram mortas e outras 100 ficaram feridas por ataques suicidas na última semana no metrô de Moscou e nas regiões do Daguestão e Inguchétia, ambas de predominância islâmica, na turbulenta área russa do norte do Cáucaso.

Os ataques da segunda-feira na Inguchétia acontecem exatamente uma semana depois de um duplo ataque suicida no metrô de Moscou, que gerou preocupações de uma nova onda de ataques de militantes do norte do Cáucaso contra grandes cidades russas.

No ataque mais recente, um homem-bomba, de cerca de 30 anos, tentou entrar no quartel da polícia na cidade de Karabulak, a cerca de 20 quilômetros da capital regional inguche de Magas, disseram a polícia local e federal à Reuters.

"Um suicida tentou entrar no quartel da polícia... mas depois de ser parado, ele detonou os explosivos", disse Oleg Yelnikov, porta-voz do Ministério do Interior em Moscou, por telefone.

Dois policiais foram mortos imediatamente e um terceiro ficou ferido. Menos de uma hora após o ataque suicida, um segundo carro foi detonado próximo à delegacia.

Um cinegrafista da Reuters no local disse que vários carros estavam queimando do lado de fora da delegacia e os restos do suposto homem-bomba estavam em meio aos escombros na rua.

(Reportagem adicional de Tatiana Ustinova em Moscou)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host