UOL Notícias Notícias
 

06/04/2010 - 20h56

FHC e Aécio discursam em lançamento de Serra no sábado

Por Natuza Nery

BRASÍLIA (Reuters) - Discursos cronometrados, escolhidos a dedo, e um vídeo sobre a trajetória política de José Serra no lançamento de sua pré-candidatura. Esse é o formato desenhado para apresentar, oficialmente, o tucano como postulante à Presidência da República no próximo sábado.

O humor no partido não podia estar melhor. Recente pesquisa do Datafolha, com números que apontam para a ampliação de sua vantagem sobre a adversária do PT, Dilma Rousseff, conferiu energia cinética à campanha.

Cerca de mil pessoas já reservaram hospedagem em Brasília, sede da solenidade. Ao contrário do que se esperava, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso ganhou lugar no púlpito. Falará aos convidados, ao invés de ser escondido pelos pares.

O mineiro Aécio Neves, cortejado à vaga de vice, terá a palavra em nome dos governadores, assim como os presidentes dos três partidos (PSDB-DEM-PPS) que já constituem a pré-chapa.

"A gente quer dar uma demonstração de unidade e de nosso tamanho... Queremos mostrar nosso time para disputar a eleição no país", disse o presidente do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), que será o coordenador-geral da campanha.

Segundo ele, representantes de palanques em todos os Estados estarão presentes.

O discurso de Serra, a ser proferido por volta do meio dia, dirá "o que ele fez, faz e o que fará pelo Brasil".

O vídeo apresentará aos convidados o filho único de feirantes da Móoca, bairro da zona leste de São Paulo. A peça publicitária está aos cuidados de Luiz González, marqueteiro do tucano.

Um dos objetivos é mostrar um José Serra moderado, mas combativo para rivalizar com Dilma, em recentes ataques ao passado tucano e à figura do pré-candidato.

Na véspera, a ex-ministra recebeu o apoio do PR, quando criticou duramente a gestão do adversário no Ministério do Planejamento, responsabilizando-o pelo apagão elétrico na administração FHC.

"Quanto mais brava ela ficar, melhor para a gente", pontuou Sérgio Guerra.

A estratégia é colar na pré-candidata o estereótipo de agressiva.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host