UOL Notícias Notícias
 

09/04/2010 - 01h13

Em SP, Piñera pede ajuda a empresários para pôr Chile "de pé"

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente chileno, Sebastián Piñera, agradeceu na quinta-feira o apoio dado pelo Brasil após o terremoto que atingiu seu país e convidou empresários brasileiros a ajudar o Chile voltar a caminhar.

"O investimento é muito importante para ajudar a nos colocar de pé e voltar a caminhar", discursou Piñera após receber homenagem da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

"Convido cordialmente (os empresários) que participem do grande processo de reconstruir o nosso país", disse ele.

O Chile foi devastado em 27 de fevereiro por um forte terremoto de magnitude 8,8 e tsunamis que mataram cerca de 500 pessoas e causaram danos materiais estimados em 30 bilhões de dólares.

Piñera disse que o Chile enfrenta uma "luta contra o tempo" no seu processo de recuperação e aproveitou o evento para manifestar que seu país está solidário com as vítimas das enchentes e deslizamentos no Rio de Janeiro, que já mataram ao menos 180 pessoas.

Esta é a primeira viagem internacional de Piñera como chefe de Estado desde que assumiu a Presidência do Chile, há quase um mês.

No início da noite de quinta-feira, ele se reuniu com o governador de São Paulo, Alberto Goldman (PSDB), e com o pré-candidato tucano à Presidência, José Serra.

Nesta sexta-feira, Piñera irá a Brasília para uma reunião com a pré-candidata do PT ao Planalto, Dilma Rousseff, e terá um almoço com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

(Reportagem de Hugo Bachega)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host