UOL Notícias Notícias
 

18/04/2010 - 12h11

Líderes poloneses e estrangeiros acompanham funeral de Kaczynski

Por Gabriela Baczynska e Wojciech Zurawski

CRACÓVIA, Polônia (Reuters) - Líderes poloneses e estrangeiros compareceram ao funeral do presidente Lech Kaczynski e de sua mulher Maria no domingo, mas uma nuvem de cinzas que paira sobre a Europa impediu alguns convidados ilustres de participarem da cerimônia.

O presidente dos EUA, Barack Obama, estava entre aqueles forçados a abandonar planos de viajar à Cracóvia para os Kaczynskis. Eles foram mortos em 10 de abril com 94 outras pessoas, a maioria autoridades políticas e militares, em um acidente aéreo na Rússia.

Mas o presidente da Rússia, Dmitry Medvedev, conseguiu chegar à cidade, reforçando uma forte mensagem de solidariedade russa desde o acidente que elevou as esperanças polonesas por uma melhora nas relações, ainda tensas, entre os dois países.

O cardeal Stanislaw Dziwisz elogiou a Rússia durante a missa, realizada na Basílica de Santa Maria.

Entre os familiares presentes à cerimônia estavam a filha do presidente, Marta, e o irmão gêmeo de Kaczynski, Jaroslaw, que lidera o principal partido de oposição russo.

Do lado de fora, cerca de 50.000 acompanhavam a missa, transmitida em grandes telas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,71
    3,168
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,12
    68.634,65
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host