UOL Notícias Notícias
 

27/04/2010 - 09h10

Após extradição, ex-ditador panamenho Noriega chega à França

PARIS (Reuters) - O ex-ditador panamenho Manuel Noriega chegou a Paris vindo dos Estados Unidos nesta terça-feira após ser extraditado para a França, país no qual foi condenado por lavagem de dinheiro.

Noriega, 76, um ex-general do Exército, chegou ao aeroporto Charles De Gaulle pouco antes das 8h (horário local, 3h em Brasília) após ser retirado de sua cela e levado para a França em um voo da Air France que saiu de Miami.

O ex-informante da CIA foi condenado à revelia na França por lavar recursos vindos do lucro com a venda de cocaína e por usar o dinheiro para comprar três apartamentos de luxo. Ele pode, no entanto, buscar um novo julgamento na França.

Noriega foi capturado no Panamá em janeiro de 1990, duas semanas depois de tropas dos Estados Unidos invadiram o país na maior intervenção norte-americana desde a guerra do Vietnã, à época.

O ex-ditador terminou de cumprir sua pena por tráfico de drogas nos EUA há dois anos, mas seguiu numa prisão da Flórida lutando contra sua extradição para a França. Seus advogados alegavam que ele era um prisioneiro de guerra e, por isso, tinha de ser devolvido ao Panamá.

"Se a lei for aplicada, ele não pode ser submetido a julgamento na França por conta da imunidade judicial de um ex-chefe de Estado", disse Yvez Leberquier, um dos advogados franceses de Noriega, à rádio France Info.

(Reportagem de Sophie Taylor)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host