UOL Notícias Notícias
 

27/04/2010 - 19h32

Hillary defende sanções "duras" contra o Irã

WASHINGTON (Reuters) - A secretária norte-americana de Estado, Hillary Clinton, disse na terça-feira que os Estados Unidos buscam novas sanções para "agudizar as escolhas que os líderes do Irã enfrentam", depois de um fim de semana sem avanços nos esforços para conter o programa nuclear iraniano.

O chanceler do Irã e o diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) se reuniram no fim de semana em Viena, mas não chegaram a nenhum acordo sobre um plano de intercâmbio de material radiativo, que potências ocidentais acham que dificultaria a obtenção de combustível para armas nucleares por parte do Irã. Teerã nega a intenção de desenvolver tais armas, e insiste no caráter pacífico das suas atividades.

"Até agora, conforme estamos cientes com base na leitura da reunião entre o ministro iraniano de Relações Exteriores e o diretor-geral da AIEA, não houve nada de novo que tenha sido apresentado", disse Hillary a jornalistas durante reunião com um representante da União Europeia em Washington.

"O continuado desrespeito do Irã por suas obrigações internacionais salienta a importância da pressão internacional unida para mudar suas políticas", acrescentou ela.

"Os Estados Unidos estão trabalhando com nossos parceiros (...) em novas sanções duras, que agudizem ainda mais as escolhas que os líderes do Irã enfrentam."

Pela proposta em debate, o Irã entregaria 1.200 quilos de urânio baixamente enriquecido à Rússia e à França, que se encarregariam de processar esse material para uso em um reator de pesquisas médicas em Teerã. Dessa maneira, o Irã não teria como enriquecer o urânio até o nível necessário para o uso em armas.

O Irã concordou em princípio com o acordo em outubro, mas depois recuou.

"Ainda não temos nada além de apenas um esforço em andamento para tentar influenciar a opinião pública, em vez de ficarmos sentados, e para dar uma resposta à oferta a respeito do RPT (Reator de Pesquisas de Teerã), que já tem muitíssimos meses de idade agora", disse a secretária.

(Reportagem de David Alexander)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host