UOL Notícias Notícias
 

27/04/2010 - 20h20

Israel e EUA acusam Síria de dar mísseis ao Hezbollah

WASHINGTON (Reuters) - Os ministros de Defesa dos Estados Unidos e de Israel acusaram nesta terça-feira a Síria de entregar mísseis cada vez mais poderosos à guerrilha libanesa Hezbollah, mas Israel disse que não pretende provocar um conflito por causa disso.

O norte-americano Robert Gates e o israelense Ehud Barak não chegaram a identificar quais mísseis estariam sendo entregues, mas a imprensa noticiou recentemente que o grupo xiita tinha obtido mísseis Scud de longo alcance, capazes de atingir alvos em todo o Estado judeu.

Fontes de inteligência e defesa dos Estados Unidos manifestaram dúvidas com relação às acusações israelenses sobre o envio de Scuds ao Líbano.

Gates, que falou ao lado de Barak após uma reunião no Pentágono, disse que a Síria e também o Irã estão fornecendo ao Hezbollah armas com "uma capacidade cada vez maior."

"Estamos num ponto agora em que o Hezbollah tem muito mais foguetes e mísseis do que a maioria dos governos do mundo", disse Gates.

Barak afirmou que os mísseis podem "perturbar o delicadíssimo equilíbrio no Líbano", mas minimizou as chances de um conflito por causa do tráfico de armas.

(Reportagem de Phil Stewart, Adam Entous e Deborah Charles)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h39

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h41

    -0,57
    63.722,47
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host