UOL Notícias Notícias
 

28/04/2010 - 17h15

Lula diz que não será depositário de urânio do Irã

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a afirmar nesta quarta-feira que defende o programa de energia nuclear do Irã apenas para fins pacíficos e declarou que o Brasil não será depositário do urânio da República Islâmica.

"O Brasil não trabalha com a hipótese de ser depositário do urânio do Irã", disse Lula ao lado do presidente venezuelano Hugo Chávez no Itamaraty.

Lula afirmou ainda que não vê hipótese nem oportunidade política de os Estados Unidos invadirem o Irã como represália ao eventual desenvolvimento de armas nucleares.

O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, foi enviado ao Irã para preparar a viagem de Lula ao país islâmico em maio.

Lula disse que pretende convencer o colega iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, a não dar um passo à frente para a construção de armas nucleares.

As grandes potências discutem novas sanções contra o Irã para deter o avanço de seu programa nuclear.

(Reportagem de Fernando Exman)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,22
    3,142
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,67
    70.477,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host