UOL Notícias Notícias
 

06/05/2010 - 09h54

Vento leva cinzas e aeroportos irlandeses voltam a operar

DUBLIN (Reuters) - A Irlanda levantou todas as restrições aos seus aeroportos nesta quinta-feira após ventos levarem uma nuvem de cinzas vulcânicas para fora da Europa. As cinzas interromperam os voos no continente por vários dias.

A Autoridade Irlandesa de Aviação (IAA, na sigla em inglês) disse esperar que os aeroportos do país, que começaram a reabrir à meia-noite (horário de Brasília), sigam funcionando até segunda ordem.

Eles foram fechados por conta dos riscos das cinzas serem sugadas para as turbinas das aeronaves.

As restrições para a Grã-Bretanha, onde os aeroportos escoceses foram fechados, também foram levantadas.

"Os ventos estão soprando as cinzas para fora da Irlanda e da Europa, e as cinzas vulcânicas estão mais altas na atmosfera hoje do que nos dias anteriores", disse a IAA em comunicado.

"Isso pode afetar rotas de voos transatlânticos, mas não suspenderá os serviços."

A maioria do tráfego aéreo na Europa foi suspenso no mês passado por conta das cinzas expelidas pelo vulcão que fica sob a geleira de Eyjafjallajokull, na Islândia. Cerca de 100 mil voos foram cancelados e milhões de passageiros não conseguiram voar.

As suspensões custaram às companhias aéreas da Europa entre 1,5 bilhão e 2,5 bilhões de euros (2 bilhões e 3,35 bilhões de dólares), segundo estimativas da Comissão Europeia.

As suspensões mais recentes indicam que os problemas podem voltar a acontecer durante a temporada de viagens das férias de verão no hemisfério norte, por conta das cinzas expelidas pelo mesmo vulcão.

(Reportagem de Marie-Louise Gumuchian; Reportagem adicional de Michael Holden em Londres)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host