UOL Notícias Notícias
 

07/05/2010 - 20h29

SAIBA MAIS-Acusado de terror em NY tem mestrado em administração

(Reuters) - As autoridades dos EUA acusam Faisal Shahzad de ter levado em 1o de maio um carro bomba à Times Square, em Nova York, com a intenção de matar o máximo possível de pessoas, num dos lugares mais movimentados do país.

Eis alguns fatos sobre ele, compilados a partir de informações de promotores e da imprensa dos EUA:

- Shahzad nasceu em junho de 1979 numa família de militares oriunda de Pabbi, a noroeste de Islamabad, capital do Paquistão. Recentemente, ele passou cinco meses em seu país natal, e voltou aos EUA em fevereiro.

- Shahzad naturalizou-se norte-americano no ano passado. Ele chegou inicialmente aos EUA em 1998, com visto de estudante.

- Promotores dizem que Shahzad admitiu ter recebido treinamento no Waziristão, reduto do Taliban e da Al Qaeda no noroeste do Paquistão.

- O suspeito se formou em ciência da computação e engenharia, e em 2005 obteve mestrado em administração pela Universidade de Bridgeport (Connecticut).

- Em seu currículo ele se descreve como alguém que gosta de computadores, de esportes e de conversar com pessoas "de diferentes origens".

- Shahzad trabalhou cerca de três anos como analista financeiro júnior na filial de Norwalk (Connecticut) do Affinion Group, consultoria de marketing e negócios, até junho de 2009, segundo a empresa. A polícia de Nova York diz que ele trabalhou também na fábrica de cosméticos Elizabeth Arden.

- O departamento de hipotecas do JPMorgan Chase processou Shahzad em setembro por não ter pagado as prestações de uma casa de três dormitórios em Shelton, Connecticut. Ele devia mais de 200 mil dólares, numa casa que havia comprado por 273 mil dólares em 2004. Shahzad usou sua parte no imóvel para obter outro empréstimo, de 65 mil dólares, do banco Warchovia, em fevereiro de 2009.

- Shahzad é casado com Huma Mian, com que tem dois filhos. O casal teria se casado em 2008. A família dele supostamente estaria vivendo perto de Peshawar, no Paquistão.

- Vizinhos dele em Connecticut disseram que a família era tranquila e usava trajes tradicionais islâmicos.

- O pai dele, Bahar-ul-Haq, é um vice-brigadeiro, e seu tio, general da reserva Tajul Haq, foi inspetor geral do Corpo de Fronteira.

(Reportagem de Michelle Nichols e Rebekah Kebede)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host