UOL Notícias Notícias
 

10/05/2010 - 08h47

Aos menos 30 são mortos em ataques de insurgentes no Iraque

BAGDÁ (Reuters) - Homens com armas equipados com silenciadores atacaram postos de controle e suicidas usaram bombas contra consumidores em um mercado durante ataques de insurgentes no Iraque nesta segunda-feira, que mataram pelo menos 30 pessoas.

Os ataques em regiões diferentes de Bagdá e em cidades a sul, norte e oeste da capital pareciam ter a intenção de mostrar aos iraquianos que a Al Qaeda no Iraque ainda é uma força potencial, apesar de derrotas sofridas no campo de batalha recentemente.

Eles também aconteceram em meio à continuidade da incerteza política dois meses depois de uma eleição que não apresentou um vencedor claro.

No pior incidente desta segunda-feira, um suicida usando um colete cheio de explosivos e um outro dirigindo um carro mataram pelo menos 13 pessoas e feriram outras 40 em um mercado em al-Suwayra, a 50 quilômetros a sudeste de Bagdá, disse Majid Askar, autoridade do conselho provincial de Wasit.

No início da manhã, atiradores equipados com silenciadores mataram pelo menos sete soldados e policiais iraquianos quando atacaram seis postos de controle, enquanto bombas plantadas em três outros postos de controle feriram vários, segundo uma fonte do Ministério do Interior.

Todos os postos de controle foram atacados por volta do mesmo horário, disse a fonte, que pediu para não ser identificada.

"Isso foi uma mensagem para nós de que eles podem nos atacar em diferentes partes da cidade na mesma hora, porque eles têm células em todos os lugares", disse a fonte.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host