UOL Notícias Notícias
 
24/05/2010 - 08h31 / Atualizada 24/05/2010 - 08h31

China faz apelo por calma sobre naufrágio de corveta sul-coreana

PEQUIM (Reuters) - A China repetiu seu apelo para que todas as partes exerçam "calma e prudência", após os Estados Unidos exigir que a Coreia do Norte se desculpe pelo naufrágio da corveta Cheonan, da Coreia do Sul.

O incidente com o Cheonan deve ser tratado "de maneira justa e objetiva", "assim como outros assuntos internacionais", disse o porta-voz do Ministério do Exterior da China, Ma Zhaoxu.

A Coreia do Norte nega envolvimento no naufrágio, mas a Coreia do Sul alega que uma investigação apontou um torpedo disparado por um submarino norte-coreano como responsável pelo afundamento da Cheonan, que provocou a morte de 46 marinheiros.

(Reportagem de Chris Buckley)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host