UOL Notícias Notícias
 
24/05/2010 - 17h07 / Atualizada 24/05/2010 - 17h07

Político iraquiano vencedor em eleição é morto, diz polícia

MOSUL, Iraque (Reuters) - Homens armados mataram nesta segunda-feira um político iraquiano que havia conquistado uma vaga no Parlamento pela coalizão Iraqiya, liderada pelo ex-primeiro-ministro Iyad Allawi, na cidade de Mosul, ao norte do país, disse a polícia.

Bashar al-Hamid foi ferido no peito no ataque em frente à sua casa em Mosul e morreu pouco tempo depois, disse a polícia.

"Homens armados assassinaram Bashar al-Hamid da lista Iraqiya", disse o capitão da polícia Mohammed Taher.

O motorista de Hamid também foi ferido, disse a polícia.

"Ouvimos o som do tiro, então saímos imediatamente. Encontramos eles deitados no chão e o caos tomou conta da área", disse Ali Hassan, um vizinho. "Os parentes que estavam com Hamid disseram que os homens armados estavam a pé."

Forças iraquianas e norte-americanas cercaram o local para tentar localizar os homens armados e um suspeito foi detido, disse a polícia.

A coalizão Iraqiya, liderada pelo secularista Allawi, conquistou dois assentos a mais que o bloco de maioria xiita liderado pelo primeiro-ministro Nuri al-Maliki nas eleições parlamentares de 7 de março.

Os resultados da eleição ainda não foram certificados. Nenhuma coalizão conquistou o número de assentos mínimo para formar um governo, forçando intensas negociações dos blocos políticos para a formação de um governo.

(Reportagem de Jamal al-Badrani)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host