UOL Notícias Notícias
 
27/05/2010 - 12h16 / Atualizada 27/05/2010 - 12h17

Tropas paquistanesas matam 40 militantes em área de fronteira

Por Hasan Mahmood

KALAYA, Paquistão (Reuters) - Aviões paquistaneses bombardearam na quinta-feira esconderijos de militantes na região de Orakzai, matando 15 combatentes e elevando a 40 o total de militantes mortos em bombardeios em 24 horas.

As forças do governo intensificaram seus ataques nas regiões de Orakzai e Khyber (noroeste) nas últimas semanas, depois de praticamente eliminar os bolsões do Taliban em outras áreas.

"Caças bombardearam e destruíram cinco dos seus esconderijos no começo do dia, matando 15 militantes e ferindo 25", disse Nauman Khan, funcionário do governo.

As tropas paquistanesas também usaram artilharia para alvejar posições dos militantes durante a noite na mesma região. Fontes de segurança disseram que 25 militantes foram mortos nessas ações.

Um porta-voz do Taliban em Orakzai, que se identificou como Hafiz Saeed, confirmou os bombardeios, mas disse que apenas três militantes morreram e oito ficaram feridos.

Os militares dizem que centenas de combatentes do Taliban foram mortos em Orakzai nas últimas semanas, mas não há confirmação independente disso. O grupo islâmico costuma contestar as declarações oficiais sobre os confrontos.

Apesar de terem cedido terreno nos últimos meses às forças do governo, os militantes ainda se mostram capazes de reagir e também já mataram centenas de pessoas, especialmente no noroeste do país, na sua atual onda de atentados.

Na quinta-feira, militantes atacaram um veículo policial em Hangu, cidade vizinha a Orakzai, ferindo três agentes, segundo fontes de segurança. Um militante foi morto no tiroteio que se seguiu.

Os incidentes da quinta-feira ocorrem em meio a rumores de que Fazlullah, líder do Taliban paquistanês no vale do Swat, teria sido morto num confronto na província afegã do Nuristão.

Ele estava foragido desde a ofensiva militar paquistanesa no Swat, em abril do ano passado. Em novembro, numa entrevista à BBC, ele contou que havia fugido para o Afeganistão.

(Reportagem adicional de Alamgir Bitani e Zeeshan Haider)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h49

    -0,43
    3,262
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h52

    1,56
    62.635,93
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host