UOL Notícias Notícias
 
29/05/2010 - 17h51 / Atualizada 29/05/2010 - 17h51

Santos diz que formará governo de união se vencer na Colômbia

BOGOTÁ (Reuters) - O candidato governista do Partido da U (Partido Social da Unidade Nacional), Juan Manuel Santos, anunciou neste sábado que se vencer as eleições presidenciais procurará formar um governo de união nacional, com base em um acordo sobre um programa que integre todos os partidos, inclusive da esquerda.

Ex-ministro de Defesa do atual presidente do país, Alvaro Uribe, Santos está em empate técnico com o candidato do Partido Verde, Antanas Mockus, segundo pesquisas de opinião, as quais indicam que nenhum dos dois obteria maioria absoluta para conquistar a Presidência na eleição deste domingo.

Se forem cumpridos os prognósticos, os dois teriam de enfrentar-se em um segundo turno, em 20 de junho, no qual as alianças com os partidos e candidatos derrotados seriam decisivas.

"Propus um governo de união nacional. Todos têm liberdade de dizer se participam ou não. Estamos em circunstâncias muito especiais, nas quais se fixarmos um parâmetro e alguns objetivos básicos entre todos poderemos realizá-los mais rapidamente", disse o candidato.

Santos, de 58 anos, disse que se houver segundo turno, buscará alianças com os partidos Conservador e Cambio Radical, que tomaram parte em uma coalizão que apoiou Uribe na maior parte de seus oito anos de gestão.

(Reportagem de Luis Jaime Acosta)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host