UOL Notícias Notícias
 
31/05/2010 - 14h12 / Atualizada 31/05/2010 - 14h12

Netanyahu diz lamentar mortes em ataque a comboio com ajuda

JERUSALÉM (Reuters) - O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, disse lamentar nesta segunda-feira as mortes de ativistas estrangeiros durante um ataque de Israel contra um navio turco que levava ajuda a Gaza, mas insistiu que o bloqueio no território palestino continuará.

"Lamentavelmente, nesse incidente, ao menos 10 pessoas morreram. Nós lamentamos a perda dessas vidas", disse Netanyahu a jornalistas durante uma visita ao Canadá, em comentários que foram ao ar na televisão israelense.

Ao menos 10 ativistas pró-palestinos, inclusive alguns turcos, foram mortos quando soldados israelenses atacaram um comboio de navios que levava ajuda humanitária a Gaza.

Netanyahu estava no Canadá desde sexta-feira para conversar com os líderes do país e cancelou seus planos de visitar o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em Washington na terça-feira para retornar a Israel mais cedo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h00

    0,68
    3,149
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h09

    -0,80
    74.786,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host