UOL Notícias Notícias
 
31/05/2010 - 13h41 / Atualizada 31/05/2010 - 13h41

Número final de mortos por terremoto na China é quase 3 mil

PEQUIM (Reuters) - Quase 3 mil pessoas morreram ou estão desaparecidas após o devastador terremoto que atingiu o noroeste da China no mês passado, disse a agência oficial de notícias Xinhua nesta segunda-feira, estabelecendo um número final do número de mortos para o tremor no município Yushu de maioria tibetana.

O terremoto do dia 14 de abril matou 2.698 pessoas e 270 ainda estão desaparecidas, disse em coletiva de imprensa o vice-governador da província de Qinghai, Zhang Guangrong, segundo a agência Xinhua.

Os números são um aumento significativo daqueles divulgados anteriormente pelo governo.

Entre as vítimas estavam 199 estudantes e um residente de Hong Kong, e todos os corpos, com a exceção de 11, foram identificados, acrescentou Zhang.

Um terremoto de magnitude 6,9 atingiu uma região remota e montanhosa, e a maioria dos mortos eram de etnia tibetana na devastada cidade de Gyegu.

Esforços de resgate foram complicados por conta de vias de transporte precárias e dificuldades no tempo com temperaturas abaixo de zero.

A China alocou 1,32 bilhões de dólares para a reconstrução neste ano, com uma meta de três anos para a reconstrução de casas, escolas e ruas, informou a mídia estatal.

(Reportagem de Emma Graham-Harrison)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host