UOL Notícias Notícias
 
31/05/2010 - 14h52 / Atualizada 31/05/2010 - 14h52

Obama pede que Netanyahu reúna todos os fatos de ataque a navios

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse ao primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, lamentar profundamente as mortes causadas por um ataque israelense a um comboio com ajuda à Faixa de Gaza nesta segunda-feira e pediu que ele reúna todos os fatos sobre o incidente o mais rápido possível, disse a Casa Branca.

Em telefonema a Netanyahu, Obama afirmou entender a decisão do premiê israelense de cancelar o encontro agendado para terça-feira para retornar a Israel. Ambos concordaram em reagendar o encontro "na primeira oportunidade", disse a Casa Branca.

Netanyahu estava no Canadá desde sexta-feira para conversar com os líderes do país e se reuniria com Obama em Washington.

"O presidente expressou profundo pesar pela perda de vidas no incidente de hoje, e preocupação com os feridos", disse. "O presidente também expressou a importância de descobrir todos os fatos e circunstâncias ao redor dos eventos trágicos desta manhã o mais rápido possível".

Ao menos 10 ativistas pró-palestinos foram mortos quando soldados israelenses atacaram um comboio de navios que levava ajuda humanitária a Gaza.

(Reportagem de Matt Spetalnick)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host