UOL Notícias Notícias
 
31/05/2010 - 12h08 / Atualizada 31/05/2010 - 12h41

Síria convoca reunião da Liga Árabe por agressão naval de Israel

DAMASCO (Reuters) - A Síria pediu na segunda-feira uma reunião de emergência da Liga Árabe para discutir o ataque israelense a barcos que tentavam levar ajuda humanitária à Faixa de Gaza.

Mais de dez pessoas morreram na madrugada de segunda-feira quando militares israelenses abordaram as embarcações, a bordo das quais havia centenas de ativistas e 10 mil toneladas de mantimentos.

Israel mantém um bloqueio por terra, mar e ar contra a Faixa de Gaza, dificultando o acesso de mantimentos a seus moradores.

"O representante da Síria junto à Liga Árabe submeteu um memorando formal à Liga solicitando que ela se reúna," disse a agência oficial de notícias da Síria.

O governo já organizou manifestações contra o incidente em várias cidades sírias, e autoridades se reuniram em frente à embaixada da Turquia em Damasco para manifestar solidariedade, já que a flotilha continha embarcações com bandeira turca, e a bordo viajavam vários cidadãos desse país.

Separadamente, os governantes da Síria e do Líbano divulgaram, após reunião em Damasco, uma nota conjunta condenando "o selvagem ataque israelense a civis."

A Síria tem buscado uma aproximação com a Turquia nos últimos dois anos. O país também serve de exílio para vários dirigentes do grupo islâmico Hamas, que governa a Faixa de Gaza e prega a destruição de Israel.

A Liga Árabe, com sede no Cairo, apoia as negociações indiretas de paz entre Israel e a facção palestina comandada pelo presidente Mahmoud Abbas, rival do Hamas. A Síria se opõe a esse processo, iniciado no mês passado sob mediação dos EUA, mas diz que não quis impedi-lo em nome do "consenso árabe."

(Reportagem de Khaled Yacoub Oweis)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host