UOL Notícias Notícias
 
10/06/2010 - 23h16 / Atualizada 10/06/2010 - 23h16

Quirguistão declara emergência em cidade no sul do país

Por Hulkar Isamova

OSH, Quirguistão (Reuters) - O governo do Quirguistão declarou estado de emergência na cidade de Osh, no sul do país, e enviou veículos blindados depois que centenas de jovens quebraram janelas, saquearam lojas e incendiaram carros na sexta-feira (horário local).

O sul do empobrecido país da Ásia Central era a base de poder do presidente Kurmanbek Bakiyev, deposto em abril durante uma revolta que suscitou preocupação entre Rússia, China e Estados Unidos, que têm interesses estratégicos na região.

Em 13 de maio, seus seguidores tomaram brevemente os edifícios do governo no sul, desafiando as autoridades da capital Bishkek.

O governo interino do Quirguistão, liderado por Roza Otunbayeva, decidiu declarar o estado de emergência em Osh e em outras três localidades próximas depois de uma reunião emergencial nas primeiras horas da sexta-feira, disse um porta-voz do governo.

"Roza Otunbayeva anunciou que o governo interino irá enviar todos os seus recursos disponíveis e tem certeza de que a segurança será dada a seus cidadãos", disse por telefone o porta-voz Farid Niyazov.

O Quirguistão, que conquistou a independência com o fim da União Soviética em 1991, abriga bases militares da Rússia e dos Estados Unidos.

(Reportagem adicional de Olga Dzyubenko, em Bishkek)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,28
    3,182
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,29
    64.676,55
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host