UOL Notícias Notícias
 
16/06/2010 - 17h54 / Atualizada 16/06/2010 - 17h54

Confrontos deixam 14 mortos na região russa do Daguestão

MAKHACHKALA, Rússia (Reuters) - Quatro policiais e dez homens armados foram mortos nesta quarta-feira, disseram investigadores, durante confronto na região russa do Daguestão, no Cáucaso do Norte, onde o Kremlin luta para conter a insurgência islâmica.

Todos os policiais e seis militantes morreram na troca de tiros que começou depois que um atirador dentro de uma casa na cidade de Derbent se recusou a depor suas armas, afirmou o Comitê de Investigação federal.

Quatro policiais também ficaram feridos. Num incidente separado, quatro militantes foram mortos e um policial ficou ferido no centro de Derbent na madrugada, acrescentaram investigadores.

Jovens irritados com a pobreza e alimentados pela ideologia da Jihad global perpetram ataques quase que diários no Cáucaso do Norte, região predominantemente muçulmana. A maioria ocorre no Daguestão, na Inguchétia e na Chechênia, local de duas guerras separatistas com Moscou desde meados da década de 1990.

(Reportagem de Amie Ferris-Rotman)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host