UOL Notícias Notícias
 
16/06/2010 - 18h35 / Atualizada 16/06/2010 - 18h35

Lula diz que consumo de aposentados compensará reajuste

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva procurou minimizar nesta quarta-feira as críticas em relação à pressão nas contas da Previdência depois da sanção do reajuste concedido pelos parlamentares aos aposentados que recebem acima de um salário mínimo, de 7,7 por cento.

O presidente defendeu que as contas públicas serão compensadas por meio dos impostos recolhidos pelo governo decorrentes do aumento no poder de consumo dos beneficiados pelo reajuste.

"Eu achei que, possivelmente, o consumo que essa gente vai ter nesses próximos meses vai recuperar parte desse dinheiro em impostos, que o governo mesmo vai cobrar, e que vai ajudar a economia brasileira a dinamizar", justificou o presidente Lula.

"O que nós precisamos dizer à nação brasileira é que nós vamos continuar com uma rigidez fiscal, que nós vamos continuar controlando as contas públicas, que nós vamos diminuir o fundo gasto com custeio, para a gente poder garantir que uma parte da população tenha um pouco mais de poder de consumo nesse país", completou.

O presidente fez as declarações ao lado do presidente do Peru, Alan Garcia, e empresários daquele país, em Manaus (AM).

Lula também procurou descartar o tom eleitoreiro da sanção anunciada na terça-feira, atribuindo os benefícios da medida apenas aos aposentados, e não aos candidatos à disputa presidencial de outubro.

"Eu não sei por que isso ajudaria a Dilma (Rousseff, PT), porque isso pode ajudaria o (José) Serra (PSDB). Pode ajudar a Marina (Silva, PV), mas, certamente, tem uma pessoa que eu sei que vai ser ajudada: são 8 milhões de aposentados que ganham mais de um salário mínimo", afirmou Lula.

O reajuste proposto inicialmente pelo governo era de 6,14 por cento, mas o índice foi elevado no Congresso, o que terá impacto de 1,6 bilhão de reais nas contas públicas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host