UOL Notícias Notícias
 
19/06/2010 - 10h49 / Atualizada 19/06/2010 - 10h49

Conflito entre militantes e exército na Turquia deixa 22 mortos

DIYARBAKIR, Turquia (Reuters) - Tropas turcas e militantes curdos se enfrentaram no sudeste da Turquia neste sábado, o que resultou na morte de 10 soldados e 12 rebeldes.

A batalha em Semdinli, na província de Hakkari, próxima à fronteira com o Iraque, reacendeu o conflito na região e levou as Forças Armadas a atacar alvos do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) no norte do Iraque.

Os militantes do PKK deflagraram o conflito com um ataque a uma unidade do exército na fronteira às 2h da madrugada local (23h GMT), em que 14 soldados ficaram feridos, informou o Estado-Maior em comunicado no seu website.

"Reforços foram enviados para a região e durante a noite apoios foram providenciados para a zona de conflito por helicópteros e artilharia. Separadamente, a Força Aérea atacou alvos identificados na região norte do Iraque", informou.

Oito soldados foram mortos no ataque à base militar e dois soldados morreram ao pisaram em uma mina em Hakkari.

"Nossa luta vai continuar até que a organização terrorista seja aniquilada", disse o primeiro-ministro, Tayyip Erdogan.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host