UOL Notícias Notícias
 
02/07/2010 - 18h40 / Atualizada 02/07/2010 - 18h40

Inundações causadas por furacão matam 6 no México

Por Robin Emmott e Gabriela Lopez

MONTERREY, México (Reuters) - As fortes chuvas causadas pelo furacão Alex paralisaram a cidade mais rica do México, Monterrey, deixando seis mortos. Carros foram arrastados, e bairros elegantes ficaram tomados de lama e pedras.

A primeira grande tempestade de 2010 no Atlântico Norte provocou em três dias o equivalente a mais de um ano de chuvas na região. Rios habitualmente secos transbordaram, e uma queda de barreiras numa estrada matou uma mulher.

Num subúrbio de classe média, a dona de casa Lesly Ramos inspecionava os danos na sua casa, que ficou cheia de pedras e lama. "Achei que iríamos morrer," afirmou ela a uma rádio.

No subúrbio de San Pedro Garza Garcia, o município mais rico do México, a enxurrada arrastou móveis das mansões, e um búfalo foi levado do zoológico municipal.

A região de Monterrey, cerca de 100 quilômetros ao sul do México, normalmente é poupada da trajetória dos furacões no golfo do México, e desta vez foi pega desprevenida. A tempestade chegou à costa na noite de quarta-feira, como um furacão da categoria 2, depois de matar 12 pessoas na América Central.

A tempestade adentrou pelo México, causando até 800 milímetros de chuvas em algumas áreas de Monterrey.

Dezenas de milhares de casas estão sem água e energia, e muita gente está em abrigos. Embora a chuva tenha diminuído, as autoridades permanecem em alerta.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host