UOL Notícias Notícias
 
02/07/2010 - 09h44 / Atualizada 02/07/2010 - 16h31

Novo comandante dos EUA chega ao Afeganistão

Por David Fox

CABUL (Reuters) - O principal comandante em atividade dos Estados Unidos chegou ao Afeganistão nesta sexta-feira para assumir uma guerra de altos e baixos, prometendo combater a insurgência do Taliban com uma estratégia inaugurada com sucesso no Iraque.

O general David Petraeus chegou ao país um dia depois de sua indicação ser confirmada pelo Senado norte-americano e apenas horas após a Câmara dos Deputados aprovar um financiamento de 33 bilhões de dólares para um reforço nas tropas que ele espera que vire o jogo da guerra.

Uma emenda exigindo o cronograma de saída do Afeganistão não foi aprovada, mas obteve 162 votos, a maior votação antiguerra do Afeganistão na Casa até hoje.

A indicação de Petraeus pode ser a última aposta de Washington para encerrar um conflito cada vez mais dispendioso que vem drenando os orçamentos do Ocidente, enquanto os países se recuperam de uma das piores recessões globais da história.

A cerimônia formal de troca no comando ocorrerá no domingo.

O reforço das tropas elevará para 150 mil o número de soldados estrangeiros no Afeganistão quando a nova estratégia começar a vigorar. Ela prevê o combate ao Taliban em seus redutos e ao mesmo tempo apoiar-se no governo para melhorar a governança e o desenvolvimento local.

O Taliban mostrou nesta sexta-feira a capacidade que possui de agir fora de seus redutos tradicionais ao executar uma operação ousada contra o escritório de uma empresa norte-americana que fornece apoio logístico para a assistência governamental dos Estados Unidos na relativamente pacífica Kunduz, no norte do país.

Um britânico, um alemão, um filipino e dois afegãos foram mortos no ataque pré-alvorecer, informaram autoridades da província, além de seis insurgentes que participavam da ação.

Também nesta sexta-feira, a Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), liderada pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), afirmou que dois de seus membros morreram após outros ataques no sul e no leste.

Petraeus, que escreveu o guia do Exército norte-americano da contrainsurgência, usou as táticas para ajudar a mudar o rumo da guerra do Iraque e a estratégia foi introduzida no Afeganistão no começo do ano pelo antigo comandante, general Stanley McChrystal.

McChrystal foi exonerado na semana passada depois que ele e alguns auxiliares menosprezaram autoridades do governo numa reportagem da revista Rolling Stone.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host