UOL Notícias Notícias
 
05/07/2010 - 16h47 / Atualizada 05/07/2010 - 16h48

Dilma quer isenção total de imposto sobre investimento

SÃO PAULO (Reuters) - Na véspera do início oficial da campanha eleitoral, a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, disse nesta segunda-feira que a estrutura de impostos do país é "caótica" e pretende realizar uma reforma tributária que inclua desoneração de investimentos.

"Precisamos dar um salto em competitividade", disse Dilma, referindo-se à necessidade da reforma.

A candidata deu palestra nesta tarde para uma plateia de 500 integrantes do Grupo Lide de Líderes Empresariais.

Ela criticou o sistema de impostos em cascata, a sobreposição de tributos e a obrigatoriedade da devolução de tributos.

Sem detalhar as medidas, a ex-ministra disse que a proposta de reforma tributária vai incluir a desoneração integral de investimentos e desoneração da folha de pagamentos com mudança na taxação da Previdência.

A candidata não detalhou o que fará com os impostos sobre os investimentos justificando que a questão "é muito técnica".

Ela defendeu ainda uma base unificada do ICMS nos Estados, medida que fez parte de todas as tentativas malsucedidas de reforma tributária.

Dilma não explicou em quanto tempo fará a reforma, se eleita, mas disse que a sua aprovação implica negociação com os partidos políticos.

(Reportagem de Carmen Munari)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h19

    -0,27
    3,170
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h27

    0,39
    68.242,77
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host