UOL Notícias Notícias
 
08/07/2010 - 10h37 / Atualizada 08/07/2010 - 10h37

Emprego na indústria sobe em maio, taxa anual é recorde

SÃO PAULO (Reuters) - O emprego na indústria brasileira aumentou pela quinta vez seguida em maio na comparação mensal e teve avanço recorde na comparação anual.

A alta foi de 0,3 por cento em maio sobre abril e de 4,2 por cento contra igual período de 2009, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira.

"Com isso, o índice de média móvel trimestral avançou 0,5 por cento entre os trimestres encerrados em abril e maio e manteve a trajetória ascendente iniciada em julho de 2009", afirmou o IBGE em nota.

Na comparação anual, 15 dos 18 setores industriais contrataram mais, com destaque para Produtos de metal (8,9 por cento), Alimentos e bebidas (2,5 por cento), Máquinas e equipamentos (6,4 por cento) e Calçados e couro (8,2 por cento).

Todas as 14 regiões do país pesquisadas tiveram aumento do emprego, sendo São Paulo a principal influência positiva, com avanço de 3,3 por cento.

O IBGE acrescentou que o número de horas pagas aumentou 0,3 por cento em maio sobre abril, com ajuste sazonal, e 5,5 por cento ano a ano, a maior variação da série histórica.

A folha de pagamento real dos trabalhadores caiu 0,8 por cento mês a mês e subiu 3,7 por cento ano a ano.

Entre janeiro e maio, o emprego no setor acumulou alta de 1,9 por cento.

(Reportagem de Vanessa Stelzer)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host