UOL Notícias Notícias
 
11/07/2010 - 15h36 / Atualizada 11/07/2010 - 15h36

Ataque do Exército colombiano mata pelo menos 12 membros da Farc

BOGOTÁ (Reuters) - Pelo menos 12 guerrilheiros morreram na madrugada do domingo na Colômbia em um ataque surpresa das Forças Armadas contra um grupo de segurança de Alfonso Cano, o líder máximo da guerrilha esquerdista Farc, informou o Exército.

A ofensiva, uma das mais contundentes na campanha de perseguição a Cano, ocorreu à 1 hora local em uma zona montanhosa do departamento de Tolima, no sul do país, poucas horas depois de pelo menos quatro pessoas terem morrido após um ataque das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em outra região do país.

Segundo um porta-voz da Polícia Nacional, dois membros da instituição e dois civis morreram no sábado na localidade de Suárez, no departamento de Cauca, no sudoeste do país, por um ataque da guerrilha das Farc.

O presidente Alvaro Uribe destacou que no ataque contra os grupos que rodeiam Cano, que ocorreu a uns 2.500 metros acima do nível do mar, morreu a guerrilheira "Mayeri", que teria sido responsável pela morte de 70 soldados e policiais nos últimos oito anos.

"Essa coluna fazia parte do anel de segurança do narcoterrorista Alfonso Cano", afirmou Uribe em uma declaração.

"As Forças Armadas estão fazendo um esforço imenso para devolver a este país a paz e a segurança", acrescentou.

Uribe deixará o poder em 7 de agosto, quando tomará posse Juan Manuel Santos, seu ex-ministro da Defesa.

(Reportagem de Javier Mozzo Pena)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host