UOL Notícias Notícias
 
19/07/2010 - 09h38

Ataques suicidas matam mais de 40 pessoas no Iraque

Por Muhanad Mohammed

BAGDÁ, 18 de julho - (Reuters) - Um homem bomba atacou, nesse domingo, integrantes de uma milícia sunita apoiada pelo governo, enquanto eles esperavam para receber seus salários, nos arredores do sudoeste de Badgá. Pelo menos 39 pessoas morreram e 41 ficaram feridas, segundo informações das forças de segurança iraquianas.

Em um segundo ataque, no oeste do Iraque, perto da fronteira com a Síria, um homem bomba matou mais quatro pessoas e deixou outras seis feridas em uma reunião de líderes da milícia sunita local, informou a polícia da Província de Anbar.

A explosão do lado de fora de uma base militar iraquiana no distrito sunita de Radwaniya e o ataque em Qaim, Anbar, aconteceram em um momento em que continua o impasse político que começou depois que as eleições de março não apontaram nenhum vencedor absoluto e consequentemente, até agora, não há um novo governo.

Insurgentes sunistas islâmicos ligados à Al Qaeda têm procurado explorar o vácuo político criado pelo fato de sunitas, xiitas e facções curdas não conseguirem chegar a um acordo sobre um governo de coalizão e têm realizado uma série de ataques desde a votação.

No ataque mais sangrento desse domingo, o homem bomba explodiu entre os milicianos "Sahwa," combatentes sunitas que antes eram aliados da Al Qaeda, mas se voltaram contra o grupo em 2006/2007, passando a ajudar os EUA a mudar o rumo da guerra.

"Havia mais de 85 pessoas em três filas no portão principal da base militar, esperando para receber seus salários, quando uma pessoa se aproximou de nós. Quando um dos soldados tentou pará-la, ele se explodiu," disse Tayser Mehsen, um dos sobreviventes, de 20 anos, no hospital Mahmudiya. "Desmaiei e acordei no hospital."

Todos os mortos eram Sahwa, entre os feridos há dois soldados, disse uma fonte do ministério do Interior. Outra fonte disse que dois dos mortos eram militares.

A policia informou que são 39 mortos, mas a fonte do Ministério do Interior disse que 43 pessoas morreram. O conflito de informações em relação ao número de mortos é comum, devido ao caos causado por uma explosão.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host