UOL Notícias Notícias
 
19/07/2010 - 18h40

Número 2 da Al Qaeda critica Obama e líderes árabes em mensagem

DUBAI (Reuters) - O número dois da Al Qaeda, Ayman al-Zawahri, ironizou o presidente dos EUA, Barack Obama, por expressar confiança em uma vitória no Afeganistão, em mensagem de áudio divulgada na Internet nesta segunda-feira.

Zawahri afirmou também que líderes árabes aliados com potências ocidentais causam mais danos aos palestinos que Israel.

"Pobre Obama vem a Cabul e promete que o Taliban não vai retornar ao poder... Você, pobre homem, pode prometer que seus homens voltarão com segurança à América?", afirma o áudio, com uma voz similar à de Zawahri, em gravação divulgada por sites islâmicos na Internet usados com frequência pela Al Qaeda.

Obama fez sua primeira viagem ao Afeganistão como presidente em março, e transmitiu palavras animadoras aos soldados norte-americanos, dizendo estar confiante que eles terão sucesso na missão.

"Estes árabes sionistas com quem vivemos e trocamos sorrisos... são mais perigosos que os judeus sionistas", disse Zawahri, referindo-se aos líderes árabes aliados com o Ocidente.

Zawahri, um egípcio, mencionou o presidente do Egito, Hosni Mubarak, pelo bloqueio imposto à Gaza na fronteira do país, colaborando com Israel no embargo ao território palestino.

"Quem cerca nossa gente em Gaza?... Não é o líder dos árabes sionistas, Hosni Mubarak?"

O áudio foi a última mensagem de Zawahiri desde uma gravação em março na qual elogiou dois líderes da Al Qaeda mortos no Iraque.

Suspeita-se que Zawahiri se esconda na região montanhosa na fronteira entre o Afeganistão e o Paquistão.

(Reportagem de Firouz Sedarat)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host