UOL Notícias Notícias
 
19/07/2010 - 20h07

Rússia se queixa aos EUA por prisão na Libéria, diz agência

MOSCOU (Reuters) - A Rússia se queixou aos Estados Unidos por causa da prisão de um cidadão russo na Libéria e sua posterior transferência para território norte-americano, disseram agências de notícias russas nesta segunda-feira.

O piloto Konstantin Yaroshenko foi detido por forças especiais norte-americanas em Monróvia em 28 de maio, e transferido em seguida para os Estados Unidos, disse o advogado do homem, Alexander Bozhenko, à agência Interfax.

A embaixada da Rússia em Washington enviou uma nota diplomática de protesto ao Departamento de Estado dos EUA, segundo o cônsul russo em Nova York, Andrei Yushmanov.

O diplomata disse à Interfax que a Rússia lamentou não ter sido oficialmente informada da prisão, e que seu cidadão está sendo mantido em condições inaceitáveis.

Recentemente, os Estados Unidos entregaram à Rússia dez pessoas presas em território norte-americano sob acusação de espionagem. Em troca, a Rússia libertou quatro presos condenados por terem mantido contatos com agências ocidentais de inteligência.

(Por Conor Humphries)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h39

    -0,27
    3,267
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h47

    1,38
    62.527,33
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host