UOL Notícias Notícias
 
20/07/2010 - 15h33

Enchentes na China causam mais dezenas de mortes

PEQUIM (Reuters) - Chuvas torrenciais que castigam a China há semanas mataram mais dezenas de pessoas no oeste do país e forçaram autoridades a fechar os portões de navegação na barragem da gigantesca usina hidrelétrica de Três Gargantas, disseram autoridades nesta terça-feira.

Ao menos 37 pessoas morreram e outras 86 estavam desaparecidas depois de desabamentos de terra e inundações nas províncias de Shaanxi, no noroeste, e Sichuan, no sudoeste do país, desde o final da semana passada, informou o Ministério de Assuntos Civis em seu site na Internet (http://www.mca.gov.cn).

Quase 150 pessoas já haviam morrido na primeira metade do mês em consequência das chuvas. Milhares de pessoas foram retiradas de suas casas, e em diversas partes do país comunidades observavam apreensivos os rios inundados e os diques sobrecarregados.

O reservatório atrás da gigantesca usina de Três Gargantas, o maior projeto de energia hidrelétrica do mundo, chegou ao nível mais alto da história, e as águas das enchentes corriam mais rápido que em 1998 quando um dilúvio devastador matou mais de 4 mil pessoas.

A Administração de Segurança Marítima de Changjiang, que regulamenta a navegação ao longo do rio Yangtze, disse que nenhum navio poderia usar as barragens da usina até que o fluxo diminuísse para menos de 45 mil metros cúbicos por segundo.

O fluxo atingiu um pico de 69 mil metros cúbicos por segundo na segunda-feira, segundo o site da administração na Internet, sem dar maiores previsões de quando poderia atingir a meta.

Autoridades disseram, no entanto, que não havia preocupações de segurança. Antes do ápice das inundações, os portões das barragens foram fechados de forma rotativa, sendo verificados para possíveis problemas, e resíduos carregados pelas enchentes foram removidos, informou a rádio nacional da China.

"O fluxo máximo atingido é alto, mas não excedeu a capacidade de 100 mil metro cúbicos de água por segundo da usina", disse Cao Guangjing, chefe da Corporação Três Gargantas, segundo o jornal oficial China Daily.

"A usina pode suportar o desafio facilmente", acrescentou Cao.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,29
    3,167
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h15

    -0,17
    74.318,72
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host