UOL Notícias Notícias
 
20/07/2010 - 15h30

Governo tailandês suspende emergência em mais províncias

Por Pracha Harirasapitak

BANGCOC (Reuters) - O governo tailandês disse nesta terça-feira que suspenderia o estado de emergência em três províncias, mas que ele continuaria vigente em outras 16, inclusive em Bangcoc, para ajudar as autoridades após tumultos recentes.

Noventa pessoas morreram e quase 2 mil ficaram feridas em confrontos no centro de Bangcoc em abril e maio entre manifestantes exigindo uma eleição antecipada e forças de segurança.

"A suspensão (do estado de emergência) ocorre porque não há movimento ou qualquer sinal de que poderia haver agitações, e o governo tem forças de segurança adequadas para manter uma situação de paz", disse o porta-voz do governo Supachai Jaisamut, depois de uma reunião do gabinete.

"O governo continua impondo um estado de emergência em 16 províncias porque existe algum movimento lá", disse ele a jornalistas.

O estado de emergência proíbe reuniões políticas de mais de cinco pessoas e permite a censura da mídia pelo governo. Também dá amplos poderes às forças de segurança, inclusive o direito de deter suspeitos sem acusação formal.

O governo suspendeu o estado de emergência em cinco províncias no dia 6 de julho quando o período inicial chegou ao fim, mas estendeu por mais três meses em outras áreas abrangendo um quarto do país, dizendo que elementos anti-governistas eram uma ameaça.

Os manifestantes, principalmente tailandeses pobres que apoiam o ex-premiê deposto Thaksin Shinawatra, foram forçados a deixar seu acampamento na capital após uma operação militar no dia 19 de maio. Depois do incidente, alguns manifestantes causaram tumulto e incendiaram construções públicas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host