UOL Notícias Notícias
 
25/07/2010 - 11h49

EUA e Coreia do Sul iniciam exercícios militares; Norte protesta

Por Jack Kim

SEUL (Reuters) - Os Estados Unidos e a Coreia do Sul deram início a grandes exercícios militares neste domingo como parte da política de dissuasão direcionada à Coreia do Norte, após acusarem o recluso Estado comunista de afundar uma embarcação militar sul-coreana em março.

A Coreia do Norte alertou que as manobras deixam a península à beira de uma guerra.

Navios norte-americanos, incluindo o porta-aviões nuclear USS George Washington, iniciaram os exercícios a partir de portos sul-coreanos para os quais se dirigiram na semana passada, em uma demonstração de força.

A Coreia do Norte elevou a tensão a novos patamares depois que uma equipe de investigadores liderada pelos militares do Sul acusou os vizinhos de disparar um torpedo que afundou a corveta Cheonan em março, matando 46 pessoas.

Os EUA anunciaram novas sanções contra o Norte na semana passada, congelando ativos dos líderes de Pyongyang supostamente obtidos com atividades ilegais e cortando seu fluxo de dinheiro.

A China protestou contra as manobras militares. Pequim criticou a introdução de equipamentos militares em larga escala no Mar Amarelo.

No sábado, a Comissão Nacional de Defesa da Coreia do Norte prometeu lançar uma "guerra sagrada" contra os Estados Unidos e a Coreia do Sul a "qualquer momento que se faça necessário" em resposta às manobras.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h13

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host