UOL Notícias Notícias
 
02/08/2010 - 20h03

Petrobras reafirma meta de realizar oferta de ações em setembro

SÃO PAULO (Reuters) - A Petrobras reafirmou nesta segunda-feira, em comunicado ao mercado, que pretende realizar sua oferta primária de ações em setembro, negando informes na mídia de que a operação poderia sofrer novo adiamento.

A petroleira disse também que não procedem comentários de que o modelo da operação poderia ser modificado para se tornar uma oferta global, aberta a todos os interessados no Brasil e no exterior.

"A Petrobras... reafirma sua intenção de realizar a capitalização de recursos pela modalidade de oferta pública de ações com prioridade de alocação aos detentores de ações de emissão da companhia, com a meta de realizá-la em setembro do ano corrente", disse a empresa no comunicado.

"A companhia também não confirma quaisquer informações divulgadas pela imprensa em geral e informa que comentários sobre a pretendida oferta pública de ações, incluindo seu montante, detalhes sobre sua estrutura e cronograma de sua execução, constituem mera especulação", acrescentou.

A eventual oferta de ações da petroleira, fundamental para a execução de seu ambicioso programa de investimentos de 224 bilhões de dólares em cinco anos, continua gerando amplos comentários na mídia e no mercado.

Alguns questionam as chances de sucesso da operação, devido ao cenário atual do mercado internacional de capitais e pela proximidade das eleições no Brasil.

A estatal, no entanto, que adiou a operação inicialmente programada para julho, segue preparando a oferta e recentemente marcou assembleia para aprovar contratação de consultoria que vai avaliar os títulos públicos que poderão ser utilizados como pagamento pela compra das ações pelo governo.

(Reportagem de Marcelo Teixeira)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host