UOL Notícias Notícias
 
04/08/2010 - 12h30

Grupo islâmico diz ter explodido navio japonês;analistas duvidam

Por Erika Solomon

DUBAI (Reuters) - Um grupo militante ligado à Al Qaeda disse nesta quarta-feira que um homem-bomba foi responsável pela misteriosa explosão que ocorreu em um navio petroleiro japonês há uma semana, próximo ao estreito de Hormuz, mas analistas levantaram dúvidas sobre a alegação tardia.

A tripulação do petroleiro M.Star registrou uma explosão pouco depois da meia-noite da quarta-feira passada. Um marinheiro ficou ferido, mas não houve vazamento de petróleo nem qualquer interrupção da navegação no estreito estratégico para o comércio marítimo.

O incidente gerou teorias desde uma onda gigante a uma colisão com um submarino nuclear norte-americano.

Não foi possível se realizar uma verificação independente sobre a mais recente reivindicação de um grupo auto-denominado Abdullah Azzam Brigades, publicada com uma foto do suposto homem-bomba num site na Internet usado por militantes islâmicos.

"O herói Ayyub al-Taishan, buscando o martírio... se explodiu no petroleiro japonês M.Star", disse o comunicado do grupo ligado à Al Qaeda.

Um grupo usando o mesmo nome assumiu ataques em Israel no ano passado, além de ataques na colônia de férias Sharm al-Sheikh, no Egito, em 2005, que resultou em mortes. Outro ataque reivindicado pelo grupo aconteceu no mesmo ano contra navios de guerra norte-americanos na Jordânia, mas os morteiros lançados erraram o alvo.

Analistas dizem que o suposto grupo filiado à Al Qaeda no Egito tem um histórico de assumir responsabilidade por ataques também reivindicados por outras organizações.

Segundo eles, pode ser significativo que o grupo tenha se manifestado um dia depois de confrontos na fronteira entre Israel e Líbano, e dois dias depois de um ataque de foguete contra resorts israelense e jordaniano no Mar Vermelho.

O estreito de Hormuz é uma via de passagem para o petróleo produzido no Golfo, transportando 40 por cento da produção mundial de petróleo de origem marítima. A Al Qaeda já ameaçou atacar a navegação nesse local no passado.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,40
    3,181
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    2,01
    70.011,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host