UOL Notícias Notícias
 
04/08/2010 - 13h15

Polícia indiana enfrenta maoístas após emboscada na selva

Por Sujeet Kumar

RAIPUR, Índia (Reuters) - A polícia indiana enfrentou rebeldes maoístas depois de sofrer uma emboscada na selva nesta quarta-feira. A insurgência vem realizando este ano ataques maiores e mais agressivos contra as forças do governo.

A polícia informou que a patrulha de segurança foi alvo de tiros de 200 maoístas escondidos no topo de uma colina na selva ao sul do Estado de Chhattisgarh, onde os rebeldes têm sua base.

Os policiais reagiram, iniciando um tiroteio de seis horas, no qual cinco maoistas ficaram feridos, disse o chefe da polícia estadual, Vishwa Ranjan.

A polícia havia dito anteriormente que 70 policiais tinham desaparecido durante o ataque, mas Ranjan disse que eles apenas perderam temporariamente o contato por causa da forte chuva.

"O tiroteio terminou e os policiais estão a salvo", declarou Ranjan à Reuters. "Eles estão no caminho de volta, mas retornam lentamente, pois existe a possibilidade de minas terrestres ou emboscadas."

A capacidade dos rebeldes de atacar grupos grandes e bem-armados das forças de segurança demonstra a sua crescente sofisticação militar em grandes enclaves na Índia, especialmente em áreas rurais excluídas da economia em rápida expansão.

Os rebeldes dizem que estão lutando pelos direitos dos agricultores pobres e trabalhadores sem-terra e que pretendem derrubar o Estado indiano até 2050.

Milhares já morreram desde que a insurgência começou no final dos anos 1960.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,32
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,56
    63.760,62
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host