UOL Notícias Notícias
 
05/08/2010 - 15h15

Governo reduz projeção para safra de soja e eleva a de milho

Por Marcelo Teixeira

SÃO PAULO (Reuters) - A Conab reduziu levemente nesta quinta-feira sua projeção para a safra de soja 2009/10 do Brasil para 68,5 milhões de toneladas ante 68,7 milhões em julho, informou a estatal em seu décimo primeiro relatório para a atual temporada.

Ainda assim, o número para a soja é recorde e ficou bem superior à produção da temporada passada, de 57,1 milhões de toneladas, com as amplas chuvas no período de desenvolvimento das lavouras no ano passado favorecendo a produção.

Segundo a Conab, a colheita da soja foi totalmente finalizada no país e o agricultor planeja a próxima safra.

"Com o encerramento da colheita, o produtor está voltado para a comercialização e a compra de insumos para a próxima safra. Diante do comportamento do mercado, a perspectiva para a próxima temporada é de incremento da área a ser plantada", informou a estatal ligada ao Ministério da Agricultura em seu relatório.

Os preços da soja elevaram-se nas últimas semanas no mercado internacional, devido à demanda chinesa e também seguindo as altas no trigo e no milho, já que uma forte seca na Rússia e em partes da Europa reduz as safras destes cereais.

A estimativa para a produção total de milho no Brasil foi elevada em 1 milhão de toneladas para 54,4 milhões de toneladas.

A Conab citou o bom resultado da segunda safra de milho, que foi estimada em 20,2 milhões de toneladas, ante 19,4 milhões de toneladas em julho.

"Em relação ao milho segunda safra (safrinha), o desenvolvimento da lavoura correu dentro da normalidade para a cultura, em quase todos os Estados produtores. As exceções ficaram por conta do Mato Grosso e Goiás que tiveram períodos de estio, que embora pontuais, causaram pequenos danos à cultura, principalmente naquelas áreas semeadas mais tarde e que se encontravam no período de floração e granação mas, com o avanço da colheita, os resultados obtidos estão superando as expectativas em relação a produtividade da lavoura".

TRIGO

A projeção para o trigo em 2010 foi também elevada, nesse caso para 5,34 milhões de toneladas, ante 5,2 milhões em julho e 5 milhões de toneladas no ano anterior, também pelo clima adequado ao desenvolvimento das lavouras.

"A média geral (de produtividade) esperada é de 2.492 kg/ha, superando em 20,4% a produtividade da safra passada que foi de 2.070 kg/ha. O incremento se deve à expectativa de recuperação da produtividade no Paraná e São Paulo que enfrentaram problemas climáticos na safra passada", informou a Conab.

Para o algodão, a entidade reduziu sua estimativa de 1,26 milhão de toneladas de pluma em julho para 1,17 milhão de toneladas em agosto.

Os períodos longos de estiagem nas principais regiões produtoras, como Mato Grosso e Bahia, causaram quedas de produtividade.

A projeção para a safra total de grãos do Brasil ficou em 147,1 milhões de toneladas, volume recorde, contra 146,7 milhões em agosto e 135,1 milhões de toneladas na safra passada.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host