UOL Notícias Notícias
 
05/08/2010 - 23h07

Senado dos EUA aprova US$600 milhões para segurança na fronteira

WASHINGTON (Reuters) - O Senado dos Estados Unidos, mostrando um bipartidarismo incomum na época de eleição, aprovou nesta quinta-feira com rapidez 600 milhões de dólares em fundos para ajudar na segurança da fronteira com o México.

A medida democrata para controlar a fronteira foi aprovada de maneira unânime em uma sessão noturna que pretendia concluir os trabalhos do Senado antes do início de um recesso de cinco semanas.

O senador Charles Schumer, quem apresentou o projeto de lei, disse que os fundos pagarão a contratação de 1.500 novos agentes federais para patrulhar a fronteira, onde o fluxo de imigrantes ilegais se tornou um problema espinhoso que poderá ter um papel chave no resultado das eleições legislativas de 2 de novembro.

Os democratas têm maioria no Senado e na Câmara dos Deputados, mas pesquisas de opinião mostram que os republicanos estão ganhando terreno com uma agenda que inclui um chamado para perseguir a imigração ilegal.

A Câmara havia aprovado uma medida semelhante de 700 milhões de dólares. Mas as diferenças deverão ser resolvidas antes que o projeto sobre os novos fundos seja enviado para a sanção do presidente do país, Barack Obama.

Além de reforçar a presença de agentes na fronteira, a verba aumentará o uso de aviões não tripulados para supervisionar as atividades pelo ar. Também deve melhorar as comunicações entre as agências federais e ajudará a financiar as investigações sobre as atividades do narcotráfico na região, disse Schumer.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host