UOL Notícias Notícias
 
06/08/2010 - 12h10

Inundações matam pelo menos 113 na Índia

SRINAGAR, Índia (Reuters) - Inundações que se intensificaram na noite de quinta-feira mataram pelo menos 113 pessoas no entorno da principal cidade da Índia na região himalaia de Ladakh, disseram autoridades nesta sexta-feira. Soldados foram convocados para ajudar no socorro.

A região faz fronteira com o Paquistão, onde estão sendo registradas as piores enchentes em 80 anos, que já causaram a morte de mais de 1.600 pessoas e afetaram pelo menos 4 milhões de pessoas, prejudicando a economia baseada na agricultura.

Autoridades indianas disseram que dezenas de pessoas ainda estão desaparecidas após as enchentes, desencadeadas por fortes chuvas que não haviam sido previstas para a região. As águas danificaram casas, torres de telefonia e edifícios governamentais na cidade de Leh, no Estado de Jammu e Caxemira.

"A rápida inundação e os deslizamentos de terra pegaram as pessoas de surpresa durante a noite e destruíram suas casas", disse o ministro de Turismo da Caxemira, Nawang Rigzin Jora.

Mais de 6 mil soldados indianos estão envolvidos nas operações de socorro e ajuda, afirmou um porta-voz militar.

"Por enquanto várias centenas de pessoas foram resgatadas pelo Exército, 270 vítimas foram recebidas no hospital militar", disse em comunicado o Ministério da Defesa.

Testemunhas disseram que dezenas de casas, prédios públicos e a principal estação de ônibus foram destruídos pela água e os deslizamentos de terra.

Ladakh, região de maioria budista, que também faz divisa com a China, vem sendo afetada nos últimos dias por um mau tempo incomum, o que afeta muitos turistas que viajam até lá para a prática de esportes de aventura.

Leh, cidade rica em monastérios budistas, fica numa altitude de 3.505 metros.

(Reportagem de Ashok Pahalwan e Sheikh Mushtaq)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host