UOL Notícias Notícias
 
09/08/2010 - 09h51

Inundações deixam 300 estrangeiros ilhados em Ladakh, na Índia

JAMMU, Índia (Reuters) - Mais de 300 turistas estrangeiros ficaram ilhados na região himalaia de Ladakh, na Índia, três dias depois que inundações mataram ao menos 150 pessoas e destruíram a principal cidade de Leh, disseram autoridades na segunda-feira.

As enchentes causadas por fortes chuvas destruíram casas, derrubaram torres telefônicas, depositaram rochas e lama com até 4 metros de altura em rodovias e destruíram todas as redes de comunicação, disseram autoridades e testemunhas.

Ao menos 300 pessoas ainda estão desaparecidas e 25 mil foram afetadas pelas enchentes, disseram autoridades do Exército. Ao menos 7 mil soldados foram mobilizados para reconstruir rodovias e pontes, disseram eles.

"Nós localizamos um grupo de cerca de 150 turistas estrangeiros ilhados no vale de Zanskar próximo de Leh, e estamos tentando resgatá-los com helicópteros", disse à Reuters o tenente Priya Joshi, da Força Aérea Indiana nesta segunda-feira.

Além disso, mais 90 turistas ficaram ilhados em um monastério em Lama Yuru, cerca de 110 quilômetros de Leh, enquanto outros 73 aguardavam o resgate em Din Karu, a caminho de outro destino turístico, informou o Exército.

Milhares de turistas viajam a Ladakh anualmente para visitar os antigos monastérios budistas e para realizar esportes radicais como rafting.

(Reportagem de Ashok Pahalwan)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,22
    3,142
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,67
    70.477,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host