UOL Notícias Notícias
 
10/08/2010 - 20h12

Serra evita comentar eventual richa com DEM, diz que é "tititi"

SÃO PAULO (Reuters) - O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, se recusou nesta terça-feira a fazer comentários sobre eventuais problemas entre tucanos e democratas veiculados na imprensa.

"Olha, o tititi não acaba, 'tá bom? Obrigado", disse Serra encerrando a entrevista.

Ele foi questionado por jornalistas sobre reportagem publicada no jornal O Estado de S.Paulo que afirma que Serra e o presidente do DEM, Rodrigo Maia (RJ), teriam rompido relações.

Serra esteve nesta tarde em São Bernardo do Campo, na região do ABC paulista, onde visitou uma clínica de tratamento para dependentes químicos mantida pelo governo do Estado de São Paulo.

Sobre a decisão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de assinar um decreto para que o Brasil cumpra as sanções das Nações Unidas impostas contra o Irã, Serra declarou: "Finalmente aderiu? Eu acho bom. Finalmente."

Durante a visita à clínica de reabilitação, ele prometeu criar uma rede nacional de atendimento a dependentes de crack e cocaína.

"O governo federal não está fazendo (nada) porque, primeiro, não apoia essas clínicas e, segundo, porque não executou nem 20 por cento, este ano, do orçamento antidrogas", criticou o tucano.

Serra ainda afirmou que não assistiu à entrevista concedida por sua adversária, a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, ao Jornal Nacional da TV Globo na segunda-feira.

(Reportagem de Fernando Cassaro)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host