UOL Notícias Notícias
 
15/08/2010 - 19h28

Serra descarta mudança na campanha após últimas pesquisas

SÃO PAULO (Reuters) - Diante dos resultados das últimas pesquisas eleitorais para a Presidência, que mostraram Dilma Rousseff (PT) consolidada na frente, o candidato José Serra (PSDB) rejeitou neste domingo uma mudança no rumo de sua campanha para tentar reverter o quadro.

Pela primeira vez na campanha para a sucessão presidencial, as três principais pesquisas de intenção de voto mostraram Dilma à frente do candidato tucano em seus resultados mais recentes.

Pesquisa Datafolha divulgada na sexta-feira apontou que Dilma tem 41 por cento das intenções de voto, contra 33 por cento de Serra. Marina Silva (PV) apareceu com 10 por cento.

Questionado por jornalistas se faria alguma mudança em sua campanha, durante visita à Bienal Internacional do Livro em São Paulo, Serra respondeu secamente com um único "não".

O candidato aproveitou o evento para anunciar que pretende implantar uma política de distribuição de três livros para cada aluno da rede pública de ensino a partir da 4a serie do ensino fundamental.

"Serão 100 milhões de livros por ano para incentivar a leitura", disse Serra a jornalistas. De acordo com as estimativas do candidato, o custo do projeto ficaria entre 450 milhões a 500 milhões de reais por ano.

(Por Fernando Cassaro)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h59

    -0,51
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h02

    0,09
    63.283,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host