UOL Notícias Notícias
 
16/08/2010 - 22h24

Serra deve decidir se é o nome da oposição, diz assessor de Lula

BRASÍLIA (Reuters) - O assessor especial da Presidência da República e coordenador do programa de governo da candidatura petista ao Planalto, Marco Aurélio Garcia, afirmou que o presidenciável José Serra (PSDB) precisa definir se é ou não o nome da oposição, sob o risco de "deletar" sua campanha.

"Se ele insistir nessa tecla, essa tecla aí é aquela que no computador se chama 'delete'. Só que ele que vai se deletar", disse Marco Aurélio a jornalistas em Brasília. "Ele tem de definir quem ele é", acrescentou.

"O grande problema é que o Serra não se definiu em 2002. Ele não assumiu que era um candidato do governo e, agora, não assumiu se é ou não da oposição", afirmou o assessor após evento no Palácio do Itamaraty.

Garcia disse ainda ser um erro a tática da oposição de tentar desqualificar Dilma ou dizer que a candidata está à "sombra de Lula", porque ela teve, segundo ele, "papel fundamental" nas ações do governo.

"O governo Lula é a Dilma também. Ela deu substância ao governo", declarou.

(Reportagem de Natuza Nery e Maria Carolina Marcello)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host