UOL Notícias Notícias
 
18/08/2010 - 15h15

Onda de calor na Rússia chega ao fim, dizem meteorologistas

Por Alexei Anishchuk

MOSCOU (Reuters) - A forte onda de calor que vem afetando a região de Moscou está finalmente chegando ao fim, disseram meteorologistas nesta quarta-feira, depois de dois meses de temperaturas que prejudicaram duramente a economia e deixaram inúmeros mortos.

"Hoje é o último dia quente em Moscou", disse Roman Vilfand, chefe do serviço meteorológico.

A temperatura na capital cairá dos 31 graus Celsius na quarta-feira para 21 a 23 graus na quinta-feira, disse ele.

Os moscovitas acordaram nesta quarta-feira para ver os restos da fumaça produzida pelos incêndios florestais e as queimadas de turfeiras, que cobriu a capital durante duas semanas.

Estão previstas chuvas para a maior parte da Rússia Europeia, os Montes Urais, a Sibéria e a região no Extremo Oriente do país durante o final de semana, informou o site do serviço meteorológico.

Autoridades romperam o silêncio sobre os efeitos do calor e da fumaça no dia 9 de agosto, quando o chefe do departamento de Saúde de Moscou, Andrei Seltsovsky, disse que as mortes dobraram para 700 por dia, sendo o calor a principal causa.

Estima-se também que a onda de calor e a seca tenham destruído um quarto da plantação de grãos da Rússia e possam causar uma redução de 14 bilhões de dólares no PIB deste ano.

Apesar de a fumaça ter permanecido no ar, os riscos de efeito nocivo são muito mais baixos que no ápice da toxicidade no início de agosto, disse o serviço de monitoramento de poluição da cidade.

A quantidade de poluição aumentou entre quatro e dez vezes em 4 de agosto, atingindo os piores índices em oito anos.

O Ministério de Emergências informou nesta quarta-feira que estava considerando levantar o estado de emergência imposto na região de Moscou e de Mordóvia, mas as regiões de Vladimir e Ryazan ainda estavam sofrendo com incêndios, criando fumaça.

O prefeito de Moscou, Yury Luzhkov, que encurtou suas férias após receber críticas por estar ausente da cidade intoxicada, retomou as férias nesta quarta-feira, disse uma fonte do conselho municipal, segundo a agência estatal de notícias RIA Novosti,

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host