UOL Notícias Notícias
 
18/08/2010 - 11h23

Três indianos das forças de paz da ONU são mortos no Congo

KINSHASA (Reuters) - Três soldados indianos da força de paz da Organização das Nações Unidas morreram durante um ataque surpresa contra sua base na região oriental da República Democrática do Congo. Cinquenta homens armados com facões, lanças e armas tradicionais invadiram a sede, segundo informou a missão Monusco da ONU nesta quarta-feira.

Pelo menos dez soldados da ONU enfrentaram cerca de 50 agressores não identificados na manhã desta quarta-feira em sua base em Kirumba, na instável província de Kivu do Norte, no leste do Congo, onde diversos grupos armados estão envolvidos em combate.

Seis ou sete outros soldados das forças de paz ficaram feridos no ataque, disse a jornalistas o general Philippe Beni, chefe do Estado-Maior da Monusco.

"Cerca de 50 homens armados saíram da mata. Vieram discretamente durante à noite e então o combate corpo-a-corpo começou envolvendo 10 ou 12 de nossos soldados", disse ele.

O ataque aumenta o número de soldados das forças de paz da ONU mortos em combate para 34 desde que a missão começou há dez anos.

A Monusco, maior missão de paz da ONU no mundo, já retirou do país 1.700 soldados nos últimos meses em resposta à pedidos do governo congolês para encerrar a missão no próximo ano. As tropas de paz continuam oferecendo operações de apoio contra alguns grupos armados no leste do país.

(Reportagem de Katrina Manson)

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host