UOL Notícias Notícias
 
19/08/2010 - 09h08

Ataque mata sete na província chinesa de Xinjiang

Por Lucy Hornby

URUMQI, China (Reuters) - Um chinês da minoria uigur matou sete pessoas nesta quinta-feira em uma explosão em Xinjiang, no extremo oeste da China, informou uma autoridade. A região vem sendo motivo de tensão étnica, que às vezes resulta em violência.

A polícia prendeu um suspeito da etnia uigur que lançou um veículo contra uma multidão em uma localidade perto da cidade de Aksu, no sul de Xinjiang, disse a porta-voz do governo provincial, Hou Hanmin, a jornalistas.

Hou afirmou que as evidências indicam que a explosão foi intencional. Ela não especifiou o motivo do ataque.

Mas na China também é comum a ocorrência de pequenas explosões provocadas por pessoas com problemas pessoais, tais como tratamento médico ou término de relacionamentos.

O governo chinês costuma responsabilizar grupos separatistas violentos de Xinjiang por ataques contra a polícia ou outros alvos do governo, dizendo que eles operam em conjunto com militantes da Al Qaeda ou militantes da Ásia Central para criar um Estado independente, chamado Turquestão Oriental.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host