UOL Notícias Notícias
 
19/08/2010 - 08h23

Inundações deixam mais de 4 milhões desabrigados no Paquistão

Por Zeeshan Haider

ISLAMABAD, 19 de agosto (Reuters) - Mais de 4 milhões de paquistaneses ficaram desabrigados após quase três semanas de enchentes, informou a ONU nesta quinta-feira, o que torna ainda mais urgente a tarefa de obter ajuda para o país.

Anteriormente a ONU havia afirmado que 2 milhões de pessoas tinham perdido suas casas nas piores inundações da história do Paquistão.

Entidades de ajuda humanitária vêm pressionando por mais recursos para enfrentar grandes problemas, como suprimento de alimentos, surtos de doenças e falta de água potável e de abrigo.

A estimativa é que o custo econômico das enchentes chegue a bilhões de dólares, o que eleva a pressão sobre o governo do Paquistão num momento em que vinha obtendo progresso na estabilização do país por meio de ofensivas militares contra os insurgentes.

As inundações arruinaram lavouras em uma área estimada em mais de 1,6 milhão de acres, prejudicando o vital setor agrícola do país.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host