UOL Notícias Notícias
 
19/08/2010 - 10h25

Polícia sul-africana dispara balas de borracha contra grevistas

Por Jon Herskovitz

JOHANESBURGO (Reuters) - A polícia sul-africana usou munição de borracha para dispersar manifestantes que bloqueavam vias públicas, e o funcionamento de hospitais e escolas ficou prejudicado por causa de uma greve do funcionalismo público, que já conta na quinta-feira com mais de 1 milhão de adesões.

A greve, por melhores salários, gera inconvenientes à população, mas não deve ter um impacto imediato sobre a economia do país, a maior da África. Analistas dizem, no entanto, que a paralisação, caso se prolongue, pode afetar o comércio interno e externo. O ministro das Finanças disse não imaginar que uma greve prolongada tenha um grave impacto econômico.

Em Soweto, nos arredores de Johanesburgo, os manifestantes bloquearam uma movimentada avenida próxima a um hospital, impedindo o acesso dos pacientes.

"Quando eles se recusaram a se mexer, uma mínima força foi usada. Então balas de borracha foram disparadas", disse a porta-voz policial Nondumiso Mpantsha. Jatos d'água também foram empregados, e não houve feridos graves, segundo ela.

Na semana passada, os sindicatos já haviam feito uma greve de advertência durante um dia. A nova greve, iniciada na quarta-feira, é por tempo indeterminado.

Analistas preveem que haverá um acordo no máximo até o começo de setembro, e que isso certamente aumentará os gastos públicos, complicando os esforços do governo para reduzir o déficit público, equivalente a 6,7 por cento do PIB.

Os sindicatos exigem um aumento salarial de 8,6 por cento, mais do que o dobro da inflação, e um bônus habitacional de mil rands (137 dólares).

Na semana passada, o governo ofereceu aumentar o bônus-moradia de 630 para 700 rands, mas manteve em 7 por cento a sua oferta de aumento salarial.

Só o bônus habitacional já equivaleria a cerca de 1 por cento de todos os gastos públicos, e o governo diz não ter dinheiro para pagar mais.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host